EDUCAÇÃO INCLUSIVA

As políticas públicas na esfera nacional, estadual e, também, municipal têm sido pensadas e implementadas para que as escolas se tornem inclusivas.

O município de Timbó preocupa-se em oferecer qualidade de vida para todos, em amplas linhas, originou-se, assim, a Educação Especial. Entende-se por educação especial a modalidade de educação escolar oferecida preferencialmente na rede regular de ensino, para educandos com deficiência, transtornos globais do desenvolvimento e altas habilidades ou superdotação.

A Educação Especial consiste em proporcionar as ferramentas, elaborar estratégias e disponibilizar os recursos educativos necessários para o desenvolvimento pleno dos alunos público alvo desta dimensão de ensino, porém, não com a pretensão de substituir o ensino regular, mas complementar, colaborar e potencializar os processos de educação para todos e todas considerando que toda prática escolar é pedagógica. Pois, os caminhos para a inclusão precisam ser percorridos por todos e todas.

Para o desenvolvimento de um trabalho de qualidade e estabelecimento de uma estrutura, foram criados grupos que constituíram EQUIPES. Através das orientações educativas, tivemos a implantação da EQUIPE MULTIDISCIPLINAR municipal, que tem por objetivo contribuir e garantir a integridade do desenvolvimento da criança com necessidades educacionais especiais na perspectiva da educação inclusiva.

Assim, na Escola Municipal Pe. Martinho Stein, é desenvolvido um trabalho com uma PEDAGOGA de atendimento educacional especializado (AEE), destinada ao atendimento de alunos, no contraturno escolar, com deficiência. Para tanto, um protocolo que envolve uma triagem ou um estudo dos laudos, documentos dos alunos deficientes são analisados pela Pedagoga do AEE, juntamente com a Equipe Multidisciplinar municipal e Coordenação da escola, para que, a partir disso, se realize um atendimento apropriado na sala de AEE da escola ou algum encaminhamento específico.

A escola dispõe, como mencionado no item Recursos Disponíveis deste PPP, uma sala com diversos materiais, onde é possível desenvolver e estimular as habilidades dos alunos com deficiência.

Nas turmas da escola em que há alunos com deficiência, temos as Auxiliares de Apoio Escolar, que são profissionais que prestam auxílio aos alunos nas atividades diárias e também aos demais alunos da sala. Essas profissionais tem um papel de agentes mediadoras junto ao professor regente.

A documentação dos alunos que participam da Educação Inclusiva, está na sala do AEE, da escola, sob a tutela da Pedagoga Edivaine de Fátima Alves Voigt.

FONTE: Adaptado do PARECER DESCRITIVO DA EDUCAÇÃO ESPECIAL DE TIMBÓ/2020

Posted in AEE