UM POUCO DA HISTÓRIA DA ESCOLA

CRIAÇÃO DA ESCOLA MUNICIPAL Pe. MARTINHO STEIN

A Escola Municipal Padre Martinho Stein iniciou suas atividades em 23 de março de 1968, através do decreto de n.o 410, com o nome de Escola Isolada Benedito Margem Direita. A escola funcionava em um único turno e situava-se às margens da rua Marechal Floriano Peixoto, bairro Pe. Martinho Stein. Na época, a escola atendeu 28 alunos.

Devido ao crescimento da escola e ao fato de situar-se próxima à rodovia e não havendo mais espaço físico para ampliá-la, a Secretaria Municipal de Educação, adquiriu um terreno, situado nos fundos da escola. Assim, em 1984, como o número de matrículas aumentou significativamente, a escola passou a denominar-se Escolas Reunidas Padre Martinho Stein, homenageando o primeiro pároco da Igreja Católica de Timbó, o padre Martinho Stein.

No ano de 1992, o município foi assolado por uma enchente, que atingiu, também, a escola. Com a necessidade da reconstrução devido as perdas advindas com a enchente e a acentuada procura de vagas para matrícula, fez com que a Associação de Pais e Professores (APP), solicitasse aos órgãos públicos municipais, responsáveis pela Educação, a aquisição de um outro terreno para construção da nova escola. A prefeitura de Timbó, atendeu o pedido e através da Secretaria de Educação, designou dois terrenos situados à rua Rudolfo Piske, para construção do prédio.

Em 1995, a primeira etapa da obra foi concluída, iniciando a implantação, gradativa, da 5.a série do ensino fundamental II. Neste ano, a escola passou a denominar-se Escola Básica Padre Martinho Stein.

Em cumprimento ao Regimento Interno das Unidades de Ensino, da rede Municipal de Educação, de julho de 2000, no seu art. 1.o, a escola passou a denominar-se Escola Municipal Padre Martinho Stein.

Em 2007, houve a implantação do ensino fundamental de nove anos na rede municipal de ensino de Timbó, aprovada pela lei complementar municipal n.o 323, de 7 de setembro de 2006, que estabeleceu a matrícula de crianças a partir dos seis anos de idade.

OBJETIVOS DA ESCOLA

Na nossa escola, os objetivos exercem uma importante função na definição de ações e propósitos mais amplos que, por sua vez, respondem às expectativas e às exigências da comunidade escolar.

Assim, a Escola se propõe a:

  • Oferecer à comunidade escolar um ensino de qualidade que contribua para o desenvolvimento da autonomia, do senso crítico e da criatividade para o exercício da cidadania.
  • Oferecer condições, nos diferentes níveis do Ensino Fundamental, para que os alunos desenvolvam suas capacidades para a formação integral.
  • Educar para a transformação da sociedade com ética, cooperação e empatia.
  • Ensinar conhecimentos historicamente produzidos e socialmente válidos.
  • Proporcionar aos alunos instrumentos para a aprendizagem de valores e conhecimentos.

CARACTERIZAÇÃO DA ESCOLA

 O período de funcionamento é diurno, das 7h30min às 11h30min e das 13h15min às 17h15min., exceto às segundas-feiras, em que o horário vespertino se estende até às 17h30min, devido a aula de informática estar inserida na grade curricular.

As turmas estão divididas pela faixa etária, isto é, alunos do 1º ao 5º ano, do Ensino Fundamental 1, estudam no período matutino e os alunos do 6º ao 9º ano, do Ensino Fundamental 2, frequentam as aulas no turno vespertino.

As aulas são fracionadas em 5 matutinas e 5 vespertinas, de 45 minutos, exceto às segundas-feiras, no período vespertino, às aulas tem duração de 42 minutos.

O recreio escolar acontece às 9h até às 9h15min e das 15h30min até às 15h45min (exceto às segundas-feiras, 15h15min até às 15h30min) e é, diariamente, monitorado pelos professores, funcionários e/ou equipe diretiva.

A formação com todos os alunos no pátio da escola, acontece duas vezes na semana, terças-feiras e quintas-feiras, para recados, divulgação de eventos, entre outros.